Qui suis-je ?


Olá a todos! Meu nome é Dayse Yanne, cristã católica, 26 anos,  Bacharel em ciência da computação pela UFMA, mestranda também pela UFMA, e comecei a estudar francês no começo de 2010,  além disso estudei inglês durante 5 anos e percebi que joguei muito dinheiro fora, um pouco da minha história eu conto aqui nessa página. De antemão aviso que não vou citar o nome de nenhuma instituição e de nenhum professor, mas é um tapa na cara de muito curso de língua estrangeira.
Bom, como essa página é dedicada a falar um pouco de mim, vou contar, resumidamente um drama que passei quando comecei a estudar língua estrangeira. Por ser aluna de um curso de T.I, comecei a estudar inglês em um curso desses de língua estrangeira, a proposta do tal curso era aprender falar inglês em 5 anos (considerado um curso rápido na época), o investimento era alto e somados a todos esses anos daria para pagar um curso de pós (penso eu), porém, eu tinha conseguido um desconto.
O curso era basicamenta: gramática, speak (avaliado no dia a dia em sala de aula), e o listening. Eu fazia três provas de 40 questões, aproximadamente, e essa prova não era elaborada pelo professor e sim pela coordenação. A prova não ficava com o aluno e sim com as instituição então você nunca sabia se tinha tirado realmente aquela nota, ou o que tinha errado, as vezes o professor mostrava em sala.
Eu fui passando e passando até chegar no avançado, quando cheguei lá veio choque: a reprovação. Posso dizer que talvez essa professora tenha sido a mais sincera de todas, e talvez eu realmente não tenha merecido a aprovação, mas a verdade era que a aula dela era muito ruim.  A turma de avançado passava a maior parte falando português e discutindo assuntos bobos, quando não tinha assunto, ficavamos jogando em sala aula (talvez eu desconheça esses métodos pedagógicos), a professora fazia vária brincadeiras: adivinhe qual é o filme? forme a palavra etc..., fora que ela não ia com a minha cara, enfim, se tem profissionalismo isso não vem ao caso. Não passei do avançado, foi a maior bronca aqui em casa, mas minha avó (quem pagava o curso) disse que ela continuaria bancando.
A boa vontade da minha avó, fez com que eu pesquisasse em outros cursos de inglês da cidade e meu drama não parou por aí. Logo no primeiro teste de colocação eu parei, o curso queria que eu voltasse para o básico (por isso eu disse, que talvez essa professora  que me reprovou, tenha sido a mais sincera). Eu fiquei revoltada me perguntava: cinco anos, perdidos? Voltei ao curso que tinha gasto o meu dinheiro e pedi que fizesse outra prova, com outro professor, mas o coordenador não cedeu e disse que não passaria pela autoridade da professora(talvez tenha sido melhor, foi um lado ético em valorizar a profisional). A minha vó ainda tentou consertar e ofereceu pagar o avançado novamente, no mesmo curso e eu orgulhosa: não aceitei, afinal a mesma professora? Nem pensar! 
O interesse Francês veio quando eu escutei pela primeira vez a música de Carla Bruni (Quelqu'un m'a dit - Ouçam)  em uma entrevista ao Fantástico (Veja aqui!!!) , a parti de então comecei a ouvir as canções dessa belíssima cantora, modelo e esposa do ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy. Matriculei-me na cadeira de francês pelo curso de Letras na UFMA e apaixonei-me pela cultura francesa, ensinada de forma brilhante pela minha professora, hoje faço do idioma um hobby em minha vida. 
Eu tive praticamente uma professora de Francês, que contabilizava cada ponto em sala de aula, descontava ponto para cada erro em seu caderno vermelho, eram coisas do tipo: atender o celular (-0,1), 4 faltas (-0,3), chegar atrasado (-0,1) e assim ela ensinava a todos em toda sua humildade, que disciplina e respeito era algo fundamental na vida de um profissional. Essa professora dava aula de Francês, falando em francês e obrigava seus alunos a usar caderno (eu já não sabia o que era isso faz tempo), faziamos levar um verbo toda semana anotada em sala de aula, e levava um pouco da cultura francesa para sala de aula (foi aí que tive a ideia de criar o blog). Acredite, mesmo com tanta exigência eu nunca senti raiva, revolta ou algo do tipo, pelo contrário eu só sinto admiração e sou muito grata a tudo que aprendi com ela. Em dois anos tinha aprendido muito mais do que os 5 que gastei com o tal "curso rápido", já conseguia falar, escrever e entender o que os nativos falavam, eu me sentia muito bem.

Sabe o que eu mais sentia incômodo com a língua inglesa, é que cada professor de inglês que tive, me passava uma pronúncia diferente com relação ao -th e outras palavras do inglês também que não me recordo. Sei que existe o inglês britânico e o inglês dos EUA, mas a questão não era essa. Usar uma vela para aprender o -th, que método era aquele? Eu me sempre me questiono sobre isso. Outra coisa legal, e isso é uma dica minha que eu só tive real consciência no Francês, é que o ideal e desde do inicio usar um dicionário monolingue, isso faz muita diferença no aprendizado.  Ainda posso destacar outro ponto ruim, e esse na minha visão é o pior de todos, o preconceito linguistico, em muitas vezes que eu estava em aula e falava alguma palavra errada, a professora me reprendia e exaltava todos os meus erros na frente de todo mundo, eu que sempre fui "faladeira" ficava envergonhada de falar em sala, a verdade é que eu sempre quis gritar para todo mundo ouvir, que eu achava a aula dela horrível, sem didática entre outras coisas. No Francês era diferente, toda sala se ajuda quem falava mais e quem falava menos, eu me sentia em casa.

O blog não tem a intenção de ensinar Francês, e sim agregar o maior números de professores, alunos, apaixados pela língua, curiosos ou até mesmo estrangeiros para contribuir com difusão da cultura francesa pelo mundo. Vocês podem perguntar: Por que não fazer um blog para difundir a cultura Brasileira? A minha resposta é que eu amo meu Brasil, minha cidade e minha cultura e nada impediria de criar algo do gênero, mas o blog veio com intuito de estimular minhas pesquisas e escrever sobre elas, enriquecendo meu conhecimento e meu vocabulário no Francês. Pois, eu sempre acreditei que quem ler e depois escreve sobre o assunto, aprende muito mais.


Finalizando eu sou assim, erro como todo mundo mas procuro sempre aprender com os meus erros. Não sou arrogante, a ponto de pensar que estou sempre certa, compartilhar experiências é uma forma de crescer na vida. Espero que gostem das postagens que são feitas com muita dedicação, e fiquem a vontade para corrigir meus erros de Português, de Francês entre outros, para que eu possa aprender junto com vocês. Mas, não me julguem, façam críticas construtivas a respeito do blog e me ajudem a conquistar meu objetivo maior: a fluência no Francês e quiçá um dia no Inglês. Um Beijos a todos !!!! Até mais...
"A imaginação é mais importante que o conhecimento". Albert Einstein
"Onde há fé, há amor, onde há amor, há paz, onde há Deus, nada falta." Marden  

5 commentaires:

kirdeiko a dit…

Querida, adorei o seu testumunho. acho que ajudou muita gente que tem dificuldades com a lingua francesa, incluida, euzinha.
vou acompanhar o blog.

kirdeiko a dit…

Querida, adorei o seu testumunho. acho que ajudou muita gente que tem dificuldades com a lingua francesa, incluida, euzinha.
vou acompanhar o blog.

Francês Dicas a dit…

Olá obrigado pela participação no Blog! Agora em Dezembro ele anda meio parado mas em janeiro pretendo continuar firme com ele ;)

Penélope a dit…

Olá, moça,adorei a proposta de você alimentar minha curiosidade sobre esse idioma tão carismático...Assim como você, estudei por 3 anos em um cuerso de ingl~es e confesso que muito pouco aprendi, mas gastei um bocado de dinheiro...e TEMPO, o que é mais precioso...vou seguir seu blog, na esperança de tentar aprender um tico do básico e conhecer um pouco do país que tanto admiro.. beijos, Penélope.
maniasdapenelope.blogspot.com.br

Francês Dicas a dit…

Olá muito obrigada pelo comentário! Desculpa a demora eu estava viajando. Muitas pessoas se identificam com o mue drama, realmente na maioria das vezes investimos em cursos de língua estrangeira e pouco aprendemos. Continue visitando, em breve estarei atualizando novamente o blog. Beijos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cours en ligne